7 coisas que você não sabia sobre Chucky, O Brinquedo Assassino

Você se lembra do lendário Chuck do filme “O Brinquedo Assassino”? O boneco demoníaco assombrou os sonhos de crianças e jovens dos anos 1980 e 1990.

Chuck fez tanto sucesso que ganhou sequência e até mesmo uma noiva, que também botava medo. O primeiro filme, lançado em 1988 já completou mais de 25 anos, mas todos ainda se lembram do personagem.

Não é para menos, quem esqueceria a história de um Serial Killer que para escapar da polícia faz um ritual de magia negra para ganhar vida em um boneco?

1. No primeiro roteiro o pacto teria sido feito por Andy


Na primeira versão do roteiro, Andy era quem fazia um pacto com o diabo para que o boneco ganhasse vida durante a noite e atacasse os seus inimigos.

No entanto, um enredo com a criança vilã não fez muito sucesso e rapidamente foi substituído pela história que você conhece.

2. O título seria “Baterias não inclusas”


Antes do título que você conhece, o criador havia pensado em “Batteries Are Not Included”, Baterias Não Estão Inclusas, em português. No entanto, havia um problema com o título, Steven Spielberg estava produzindo um filme com o mesmo nome.

Antes de se decidir por “Child’s play”, Brinquedo Assassino em português, a segunda opção foi “Blood Buddy”, Camarada de Sangue.

3. O Chuck foi inspirado nas bonecas Cabbage Patch Kids


A linha de bonecas Cabbage Patch Kids, bastante popular nos anos 1980, serviram de inspiração para o criador do boneco assassino, Dom Marcini.

A princípio, ele queria fazer uma crítica sobre como o marketing de brinquedos influenciava as crianças, mas acabou criando um filme de terror.

4. Bonecos utilizados


Para a gravação dos filmes foram usados ao todo nove bonecos, cada um deles era utilizado para um tipo de movimento.

Você deve estar se perguntando como os movimentos eram feitos, pois bem, os bonecos eram controlados por sensores e controle remoto.

5. Tarantino foi convidado para o papel de diretor


Tom Holland, o diretor do filme, queria que alguém famoso interpretasse o papel de diretor na ficção. Ele pensou em ninguém menos do que Tarantino.

No entanto, quem acabou no papel foi o rapper Redman, que deu vida ao diretor que queria gravar um filme sobre a Virgem Maria, com Jennifer no papel principal.

6. Assassinos de verdade


Talvez você não saiba, mas o nome real do Chuck é Charles Lee Ray, uma combinação do nome de três assassinos reais. O primeiro é Charles Manson, que matou Sharon Tate, a mulher era esposa do cineasta Roman Polanski e estava grávida quando foi morta.

O segundo é Lee Harvey Oswald, o assassino do ex-presidente dos Estados Unidos John Fitzgerald Kennedy, e o último é James Earl Grey, que matou Martin Luther King.

7. Noiva de Chucky


A atriz que interpretou a noiva de Chuck foi Jennifer Tilly, mas a escolha não foi por acaso. A personagem foi inspirada na atriz.

De acordo com os produtores, era necessário alguém que fosse sexy e ao mesmo tempo que tivesse uma pitada de comédia, logo, ninguém seria melhor que Jennifer.
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg
 
Copyright © 2017 Cinemix Pipoca - Notícias, trailers e análises de filmes