Hollywood tem 109 remakes e 164 sequências programadas


Nos últimos anos, Hollywood tem investido pesado em remakes e sequências para tentar aumentar o faturamento de produções - a exemplo de filmes divididos em duas partes - e apelar para a nostalgia do público. Entretanto, essa tendência também pode ser sinal da crise criativa que ronda estúdios e roteiristas.

Para os que rejeitam essa estratégia, resta apenas paciência. Isso porque estão previstas cerca de 164 sequências e 109 remakes para os próximos anos e esse número deve crescer ainda mais.

O Den Of Geek fez uma coletânea que nos mostra o que esperar para o futuro do cinema comercial e, como esperado, a maioria dos títulos programados são totalmente desnecessários.

Sequências

No campo da comédia, a Sony pretende lançar o terceiro filme da franquia Anjos Da Lei, estrelada por Jonah Hill e Channing Tatum. Embora poucas coisas tenham sido confirmadas, é provável que a dupla de atores volte para essa sequência.

Outra grande produção que tem chances concretas de ganhar sequência é 300. Segundo o diretor e produtor Zack Snyder, a trama deve mostrar outros conflitos ao longo da história.

Alien: Covenant, sequência de Prometheus dirigida por Ridley Scott, já tem data de estreia marcada para 2017. Entretanto, mais dois filmes são dados como certo. Assassin's Creed também é outro filme que nem estreou, mas já deve ganhar continuação.

Homem-Formiga está de volta, só que dessa vez ele vem acompanhado. Homem-formiga E Vespa fará parte da fase 3 da Marvel e chega aos cinemas em 2018.

James Cameron já anunciou que a franquia Avatar irá até o quinto. O segundo já chega aos cinemas em 2018, mas vale lembrar que os filmes estão sendo filmados simultaneamente.

Ainda no campo dos super-heróis, Vingadores 3: Guerra Infinita - Parte I e Parte II devem conquistar as bilheterias em 2018 e 2019 respectivamente. O mercenário Deadpool também retorna com mais uma aventura cheia de sangue e sarcasmo. Já Guardiões Da Galáxia Vol. 2 tentará repetir o sucesso do primeiro filme em julho de 2017, data de estreia do filme.

As animações também não foram esquecidas. Operação Big Hero ganhará seu segundo filme e os amados (e também odiados) Minions retornam em Meu Malvado Favorito 3.

Esses são apenas alguns dos destaques, mas mostram que Hollywood vai investir pesado em todos os gêneros cinematográficos.

Remakes

Amados por uns e completamente odiados por outros, os remakes também enchem os olhos de Hollywood. Veja alguns deles:

O icônico Ace Ventura deve retornar às telonas, mas Jim Carrey não deve estar envolvido no projeto. O título é um dos poucos cujos direitos ainda pertencem a Morgan Creek Productions.

Esse talvez não seja considerado um remake propriamente dito, mas A Bela E A Fera finalmente ganhará versão "de carne e osso" com a queridinha do público Emma Watson no papel principal. O mesmo deve ocorrer com Dumbo, que terá live-action dirigido por ninguém menos que Tim Burton.

Já o épico Ben-hur, ganhador de 11 Oscars, ganhou "nova versão" com Jack Huston, da série Boardwalk Empire, e o brasileiro Rodrigo Santoro como destaques. A estreia é no próximo dia 18.

O clássico Os Pássaros, de Alfred Hitchcock, ganhará remake com Michael Bay, o diretor de Transformers e rei das explosões, no time de produtores.

As Panteras devem retornar sob produção da Sony, que já procura roteiristas para escrever a nova história do trio feminino mais famoso das telonas.

O Homem Invisível terá remake da Universal Pictures como parte do universo cinematográfico de monstros que o estúdio pretende lançar e contará ainda com filmes de Drácula, Múmia, Frankenstein, Van Helsing e Lobisomem.

A Sony anunciou remake do clássico Jumanji, entretanto a data de estreia, anteriormente prevista para 2017, pode sofrer atrasos.

Será que essa nova moda continuará dando certo ou os estúdios terão que encontrar outras saídas para agradar os espectadores? Isso só o tempo dirá - e as críticas também.
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg
 
Copyright © 2017 Cinemix Pipoca - Notícias, trailers e análises de filmes