‘A Teoria de Tudo': Stephen Hawking chora ao assistir sua cinebiografia


Segundo a Variety, Stephen Hawking assistiu sua cinebiografia ‘A Teoria de Tudo‘ (The Theory of Everything) e chorou ao final da sessão.

Uma enfermeira enxugou as lágrimas do rosto do astrônomo após as luzes se acenderam em uma exibição recente, e ele ficou tão tocado com o resultado que deu ao diretor James Marsh a licença para usar trechos de sua voz na edição final do filme. O selo de aprovação de Hawking veio em apenas duas palavras, ao chamar o longa de “extremamente realista.”

Antes de começar as filmagens, Hawking se reuniu com seu intérprete Eddie Redmayne e não gostou do teor do roteiro, chegando até a brigar com o ator após ele dizer que os dois eram capricornianos.

“Eu sou um astrônomo, não um astrólogo”, respondeu Hawking.

Baseado no livro de memórias “Travelling to Infinity: My Life with Stephen,” de Jane Hawking, o longa foca o relacionamento do famoso físico com sua esposa Jane (vivida por Felicity Jones, de ‘O Espetacular Homem-Aranha 2′), desafiado pela doença de Hawking, portador de esclerose lateral amiotrófica.

O cineasta James Marsh, responsável pelo documentário vencedor do Oscar ‘O Equilibrista‘, dirige o filme, a partir do roteiro de Anthony McCarten.

‘A Teoria de Tudo‘ será lançado em 7 de novembro nos EUA, bem na temporada pré-Oscar. Ainda não há previsão de estreia no Brasil.


# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg
 
Copyright © 2017 Cinemix Pipoca - Notícias, trailers e análises de filmes